Ubuntu Notícias

Administradora Lucélia Muniz

Nova Olinda-CE

Meu chão cearense

Biblioteca

"A leitura de um bom livro alimenta a alma e engrandece nossas emoções"

Coleção de Moedas

Moedas antigas e atuais

Família

Maria Constância da França Muniz

sábado, 25 de fevereiro de 2017

E hoje é o aniversário de Roberto Souza!!!

Postagem para parabenizar meu amigo Roberto Souza!!!

Mensagem
Que hoje você possa celebrar sua vida e se renovar!
Que sua trajetória de vida continue sendo brilhante e inspiradora! Que sua vida seja de incontáveis realizações!
Que não apenas hoje, mas em todos os dias, sua vida seja presenteada com momentos maravilhosos, cheios de amor, carinho e alegria! Parabéns pelo seu dia!
Que Deus continue abençoando infinitamente você e sua família!
Um Feliz Aniversário!!!

Sou PROFESSORA com muito ORGULHO!!!

Somos professores e recebemos palpites e julgamentos de todo mundo.
Do ministro da educação, do jornalista, do pai do aluno, das famílias. Aquela piadinha que eu tenho regalias, duas férias por ano, que eu ganho bem , que eu não deveria me aposentar...

E, a sensação é que estamos sós.
Queria mandar um "aguente firme" para os professores de verdade.
Pra você que dá aula em duas ou três escolas e almoça no caminho.
Pra você que não consegue almoçar e engole um salgado enquanto assina o ponto.

Pra você que fica acordado na madrugada baixando vídeo e música pra usar na aula.
Pra você que faz as cópias na sua impressora.
Pra você que compra o material da aula com grana do bolso.
Pra você que passa do horário pra ajudar no evento.
Pra você que passa o final de semana corrigindo.
Pra você que leva as atividades na viagem do final de semana.
Pra você que leva um lanchinho a mais na excursão, para o aluno que não tem condições.

Pra você que compra livros pra turma.
Pra você que vai trabalhar doente porque não quer deixar os alunos na mão aquele dia.
Pra você que não falta de jeito nenhum...
Pra você que vê o aluno se perdendo na quebrada e tenta salvar aquela alma.

Pra você que briga com a família até levarem o pequeno no médico.
Pra você que deixa seus problemas em casa, porque sabe que na escola tem abuso sexual e físico, fome, violência e doença pra mediar.
Pra você que já teve o carro roubado indo pro trabalho.

Pra você que já foi agredido fisicamente por alunos e familiares.
Pra você que é xingado enquanto dá aula.
Pra você que vê mais seus alunos que os seus filhos.
Pra você que mesmo passando por tudo isso, não desiste.
"Aguente firme" esse país que não te merece precisa MUITO de você.
Se você é professor e tem orgulho de ser, copie mande nos grupos de educação.

Confira os indicados ao Oscar 2017!!!

Neste domingo (26) acontece a cerimônia de honraria máxima, o Oscar. Os 62 filmes indicados disputam a tão famosa estatueta da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. A Globo optou por transmitir os desfiles das escolas cariocas na noite de domingo e exibirá os melhores momentos da festa na segunda-feira, às 15h20min.
Confira abaixo a lista com as 62 indicações. Quem levará a estatueta para casa?

Melhor Filme
A Chegada
Até o Último Homem
Estrelas Além do Tempo
Lion: Uma Jornada para Casa
Moonlight: Sob a Luz do Luar
Um Limite Entre Nós
A Qualquer Custo
La La Land: Cantando Estações
Manchester à Beira-Mar

Melhor Diretor
Denis Villeneuve – A Chegada
Mel Gibson – Até o Último Homem
Damien Chazelle – La La Land: Cantando Estações
Kenneth Lonergan – Manchester à Beira-Mar
Barry Jenkins – Moonlight: Sob a Luz do Luar

Melhor Atriz
Isabelle Huppert – Elle
Ruth Negga – Loving
Natalie Portman – Jackie
Emma Stone – La La Land: Cantando Estações
Meryl Streep – Florence: Quem é Essa Mulher?

Melhor Ator
Casey Affleck – Manchester à Beira-Mar
Andrew Garfield – Até o Último Homem
Ryan Gosling – La La Land: Cantando Estações
Viggo Mortensen – Capitão Fantástico
Denzel Washington – Um Limite Entre Nós

Melhor Ator Coadjuvante
Mahershala Ali – Moonlight: Sob a Luz do Luar
Jeff Bridges – A Qualquer Custo
Lucas Hedges – Manchester à Beira-Mar
Dev Patel – Lion: Uma Jornada para Casa
Michael Shannon – Animais Noturnos

Melhor Atriz Coadjuvante
Viola Davis – Um Limite Entre Nós
Naomie Haris – Moonlight: Sob a Luz do Luar
Nicole Kidman – Lion: Uma Jornada para Casa
Octavia Spencer – Estrelas Além do Tempo
Michelle Williams – Manchester à Beira-Mar

Melhor Roteiro Original
Taylor Sheridan – A Qualquer Custo
Damien Chazelle – La La Land: Cantando Estações
Yorgos Lanthimos e Efthimis Filippou – The Lobster
Kenneth Lonergan – Manchester à Beira-Mar
Mike Mills – 20th Century Women

Melhor Roteiro Adaptado
Eric Heisserer – A Chegada
August Wilson – Um Limite Entre Nós
Allison Schroeder e Theodore Melfi – Estrelas Além do Tempo
Luke Davis – Lion: Uma Jornada para Casa
Barry Jenkins e Tarell Alvin McCraney – Moonlight: Sob a Luz do Luar

Melhor Animação
Kubo e as Cordas Mágicas
Moana: Um Mar de Aventuras
Minha Vida de Abobrinha
A Tartaruga Vermelha
Zootopia: Essa Cidade é o Bicho

Melhor Documentário em Curta-Metragem
Extremis
4.1 Miles
Joe’s Violin
Watani: My Homeland
Os Capacetes Brancos 

Melhor Documentário em Longa-Metragem
Fogo no Mar
Eu Não Sou Seu Negro
Life, Animated
O.J.: Made in America
13ª Emenda

Melhor Longa Estrangeiro
Terra de Minas (Dinamarca)
A Man Called Ove (Suécia)
O Apartamento (Irã)
Tanna (Austrália)
Toni Erdmann (Alemanha)

Melhor Curta-Metragem
Ennemis Intérieurs
La Femme et le TGV
Silent Nights
Sing 
Timecode

Melhor Curta em Animação
Blind Vaysha
Borrewed Time
Pear Cider and Cigarettes
Pearl
Piper 

Melhor Canção Original
“Audition (The Fools Who Dream)” | Música de Justin Hurwitz, canção de Benj Pasek e Justin Paul – La La Land: Cantando Estações
“Can’t Stop the Feeling” | Música e canção de Justin Timberlake, Max Martin e Karl Johan Schuster – Trolls
“City of Stars” | Música de Justin Hurwitz, canção de Benj Pasek e Justin Paul – La La Land: Cantando Estações 
“The Empty Chair” | Música e canção de J. Ralph e Sting – Jim: The James Foley Story
“How Far I’ll Go” | Música e canção de Lin-Manuel Miranda – Moana: Um Mar de Aventuras

Melhor Fotografia
Bradford Young – A Chegada 
Linus Sandgren – La La Land: Cantando Estações
Greig Fraser – Lion: Uma Jornada para Casa
James Laxton – Moonlight: Sob a Luz do Luar
Rodrigo Prieto – Silêncio

Melhor Figurino
Joanna Johnston – Aliados
Colleen Atwood – Animais Fantásticos e Onde Habitam
Consolata Boyle – Florence: Quem é Essa Mulher?
Madeline Fontaine – Jackie 
Mary Zophres – La La Land: Cantando Estações

Melhor Maquiagem e Cabelo
Eva Von Bahr e Love Larson – A Man Called Ove
Joel Harlow e Richard Alonzo – Star Trek: Sem Fronteiras 
Alessandro Bertolazzi, Giorgio Gregorini e Christopher Nelson – Esquadrão Suicida

Melhor Mixagem de Som
Bernard Gariépy Strobl e Claude La Haye – A Chegada
Kevin O’Connell, Andy Wright, Robert Mckenzie e Peter Grace – Até o Último Homem 
Andy Nelson, Ai-Ling Lee e Steve A. Morrow – La La Land: Cantando Estações
David Parker, Christopher Scarabosio e Stuart Wilson – Rogue One: Uma História Star Wars
Greg P. Russell, Gary Summers, Jeffrey J. Haboush e Mac Ruth – 13 Horas: Os Soldados Secretos de Benghazi

Melhor Edição de Som
Sylvain Bellemare – A Chegada 
Wylie Stateman e Renée Tondelli – Horizonte Profundo: Desastre no Golfo
Robert Mackenzie e Andy Wright – Até o Último Homem
Ai-Ling Lee e Mildred Iatrou Morgan – La La Land: Cantando Estações
Alan Robert Murray e Bub Asman – Sully: O Herói do Rio Hudson

Melhores Efeitos Visuais
Craig Hammack, Jason Snell, Jason Billington e Burt Dalton – Horizonte Profundo: Desastre no Golfo
Stephane Ceretti, Richard Bluff, Vincent Cirelli e Paul Corbould – Doutor Estranho 
Robert Legato, Adam Valdez, Andrew R. Jones e Dan Lemmon – Mogli: O Menino Lobo
Steve Emerson, Oliver Jones, Brian McLean e Brad Schiff – Kubo e as Cordas Mágicas
John Knoll, Mohen Leo, Hal Hickel e Neil Corbould – Rogue One: Uma História Star Wars

Melhor Design de Produção
Patrice Vermette (design de produção) e Paul Hotte (decoração de set) – A Chegada
Stuart Craig (design de produção) e Anna Pinnock (decoração de set) – Animais Fantásticos e Onde Habitam 
Jess Gonchor (design de produção) e Nancy Haigh (decoração de set) – Ave, César!
David Wasco (design de produção) e Sandy Reynolds-Wasco (decoração de set) – La La Land: Cantando Estações
Guy Hendrix Dyas (design de produção) e Gene Serdena (decoração de set) – Passageiros

Melhor Edição
Joe Walker – A Chegada
John Gilbert – Até o Último Homem 
Jake Roberts – A Qualquer Custo
Tom Cross – La La Land: Cantando Estações
Nat Sanders e Joi McMillon – Moonlight: Sob a Luz do Luar

Melhor Trilha Sonora
Mica Levi – Jackie
Justin Hurwitz – La La Land: Cantando Estações
Dustin O’Halloran e Hauschka – Lion: Uma Jornada para Casa
Nicholas Britell – Moonlight: Sob a Luz do Luar 
Thomas Newman – Passageiros

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

E hoje é o aniversário do Padre Antonio Luiz!

Nesta postagem quero parabenizar o nosso pároco, Padre Antonio Luiz que está à frente da Paróquia de nosso Padroeiro São Sebastião.

Mensagem
Que as tuas forças e sonhos continuem sendo renovados pelo Senhor diariamente; Jesus nos fala por meio de nossas ações e pensamentos. Cada dia que vivemos é um agradecimento a mais por tudo o que recebemos do Senhor. Que Deus o abençoe, Padre Antonio Luiz, para que siga sempre o caminho do Pai, para que nada venha a faltar na sua estrada. Muitos anos de vida e saúde. Um Feliz Aniversário! Parabéns!!!

Criançada comemora Carnaval pelas principais ruas da cidade!

O Centro de Educação Básica-CEB fundado em 2002 promove carnaval para alunos em comemoração pelas principais ruas da cidade. A instituição que tem a frente a Diretora Sebastiana Alexandrino e a Coordenadora Maria Williane mantém acesa a tradição de se comemorar com muita alegria e a caracterização das crianças que vieram participar da festa usando fantasias.
O carnaval é considerado uma das festas populares mais animadas e representativas do mundo. Tem sua origem no entrudo português, onde, no passado, as pessoas jogavam umas nas outras, água, ovos e farinha. O entrudo acontecia num período anterior a quaresma e, portanto, tinha um significado ligado à liberdade. Este sentido permanece até os dias de hoje no Carnaval.
Para além dos estudos esta instituição de ensino possibilitou as crianças um momento de descontração e também de aprendizagem entra aqui a escolha da fantasia e a ideia de ter um dia para mostrar seu “personagem” favorito.
Eis que surge a mulher maravilha ou porque não dizer a criança maravilha, o pirata, o super-homem, o batman, a chapeuzinho vermelho, as fadas, o homem aranha, as bailarinas, o chaves, ufa... isso mesmo! Todos esses personagens invadiram Nova Olinda!
Sabe o que é mágico nisso tudo? Ver a energia da criançada, a alegria que salta aos olhos dos pais e de nós novolindenses que recebemos nesta manhã a visita de tantos super-heróis, seres mágicos e grandes personagens dos livros infantis.
No mundo mágico das crianças a gente embarca para curtir a alegria do Carnaval, porque ao vê-los pelas ruas da cidade percebi que tinha muito adulto voltando a ser criança! Um ótimo feriado de Carnaval à todos! 

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Vem aí o maior evento de Kung Fu do Nordeste!!!

O município de Nova Olinda será sede do VI Campeonato Interestadual de Kung Fu Wushu. O evento acontecerá nos dias 20 e 21 de maio no Ginásio Poliesportivo Laurênio Alves Feitosa. No convite postado na rede social do organizador do evento, o Senhor Sifu Batista, o mesmo diz que conta com a participação das equipes para abrilhantar este campeonato, e já dá as boas-vindas aos que se fizerem presentes!

Fique de olho! Este campeonato irá reunir os melhores atletas do Nordeste! Venha participar com sua equipe!

E tem muito mais:
Haverá dois cursos de Wushu no dia 20/05/2017 no sábado (durante o dia);
curso técnico de Wushu Sanda – base para o alto rendimento
ministrado pelo Professor João Guedes (Diretor técnico de Sanda da Confederação Brasileira de Kung Fu Wushu – CBKW); curso de bastão do sul da China – Nangun ministrado pelo Professor Carlos André (atleta da Seleção Brasileira da Confederação Brasileira de Kung Fu Wushu - CBKW).

Lembrando que os cursos serão abertos para todos os atletas, filiados ou não filiados!

A organização do evento conta com a Associação Cearense de Artes Marciais Chinesas – ACAMC na pessoa de Sifu Batista e tem o apoio da Prefeitura Municipal de Nova Olinda-CE e da Federação Cearense de Kung Fu Wushu – FCKW.
Para maiores informações entre em contato com Sifu Batista.
Contatos: (88) 9 9714 7534 (TIM) e (WhatsApp) (88) 9 9289 7082 (CLARO).

Sobre os perigos da leitura

Nos tempos em que eu era professor da UNICAMP fui designado presidente da comissão encarregada da seleção dos candidatos ao doutoramento, o que é um sofrimento. Dizer “esse entra”, “esse não entra” é uma responsabilidade dolorida da qual não se sai sem sentimentos de culpa. Como, em vinte minutos de conversa, decidir sobre a vida de uma pessoa amedrontada? Mas não havia alternativas. Essa era a regra.
Os candidatos amontoavam-se no corredor  recordando o que haviam lido da imensa lista de livros cuja leitura era exigida. Aí tive uma ideia que julguei brilhante.

Combinei com os meus colegas que faríamos a todos os candidatos uma única pergunta, a mesma pergunta. Assim, quando o candidato entrava trêmulo e se esforçando por parecer confiante, eu lhe fazia a pergunta, a mais deliciosa de todas: “Fale-nos sobre aquilo que você gostaria de falar!” Pois é claro! Não nos interessávamos por aquilo que ele havia memorizado dos livros. Muitos idiotas têm boa memória. Interessávamos por aquilo que ele pensava.

Poderia falar sobre o que quisesse, desde que fosse aquilo sobre que gostaria de falar. Procurávamos as ideias que corriam no seu sangue!  Mas a reação dos candidatos não foi a esperada. Foi o oposto. Pânico. Foi como se esse campo, aquilo sobre que eles gostariam de falar, lhes fosse totalmente desconhecido, um vazio imenso. Papaguear os pensamentos dos outros, tudo bem. Para isso eles haviam sido treinados durante toda a sua carreira escolar, a partir da infância. Mas falar sobre os próprios pensamentos – ah! isso não lhes tinha sido ensinado.

Na verdade nunca lhes havia passado pela cabeça que alguém pudesse se interessar por aquilo que estavam pensando. Nunca lhes havia passado pela cabeça que os seus pensamentos pudessem ser importantes. Uma candidata teve um surto e começou a papaguear compulsivamente a teoria de um autor marxista. Acho que ela pensou que aquela pergunta não era para valer.

Não era possível que estivéssemos falando a sério. Deveria  ser uma dessas “pegadinhas” sádicas cujo objetivo e confundir o candidato. Por vias das dúvidas ela optou pelo caminho tradicional e tratou de demonstrar que ela havia lido a bibliografia. Aí eu a interrompi e lhe disse: “ Eu já li esse livro. Eu sei o que está escrito nele. E você está repetindo direitinho. Mas nós não queremos ouvir o que já sabemos. Queremos ouvir o que não sabemos. Queremos que você nos conte o que você está pensando, os pensamentos que a ocupam…” Ela não conseguiu. O excesso de leitura a havia feito esquecer e desaprender a arte de pensar.

Parece que esse processo de destruição do pensamento individual é uma consequência natural das nossas práticas educativas. Quanto mais se é obrigado a ler, menos se pensa. Schopenhauer tomou consciência disso e o disse de maneira muito simples em alguns textos sobre livros e leitura. O que se toma por óbvio e evidente é que o pensamento está diretamente ligado ao número de livros lidos. Tanto assim que se criaram técnicas de leitura dinâmica que permitem que se leia “Grande Sertão – Veredas” em pouco mais de três horas.

Ler dinamicamente, como se sabe, é essencial para se preparar para o vestibular e para fazer os clássicos “fichamentos” exigidos pelos professores. Schopenhauer pensa o contrário: “ É por isso que, no que se refere a nossas leituras, a arte de não ler é sumamente importante.” Isso contraria tudo o que se tem como verdadeiro e é preciso seguir o seu pensamento. Diz ele: “Quando lemos, outra pessoa pensa por nós: só repetimos o seu processo mental.”

Quanto a isso, não há dúvidas: se pensamos os nossos pensamentos enquanto lemos, na verdade não lemos. Nossa atenção não está no texto. Ele continua: “Durante a leitura nossa cabeça é apenas o campo de batalha de pensamentos alheios. Quando esses, finalmente, se retiram, o que resta? Daí se segue que aquele que lê muito e quase o diz inteiro … perde, paulatinamente, a capacidade de pensar por conta própria… Este, no entanto, é o caso de muitos eruditos: leram até ficar estúpidos. Porque a leitura contínua, retomada a todo instante, paralisa o espírito ainda mais que um trabalho manual contínuo…”

Nietzsche pensava o mesmo e chegou a afirmar que, nos seus dias, os eruditos só faziam uma coisa: passar as páginas dos livros. E com isso haviam perdido a capacidade de pensar por si mesmos. “Se não estão virando as páginas de um livro eles não conseguem pensar. Sempre que se dizem pensando eles estão, na realidade, simplesmente respondendo a um estímulo, – o pensamento que leram… Na verdade eles não pensam; eles reagem. (…) Vi isso com meus próprios olhos: pessoas bem dotadas que, aos trinta anos, haviam se arruinado de tanto ler. De manhã cedo, quando o dia nasce, quando tudo está nascendo – ler um livro é simplesmente algo depravado…”
E, no entanto, eu me daria por feliz se as nossas escolas ensinassem uma única coisa: o prazer de ler! Sobre isso falaremos…

Rubem Alves