Ubuntu Notícias

Administradora Lucélia Muniz

Nova Olinda-CE

Meu chão cearense

Biblioteca

"A leitura de um bom livro alimenta a alma e engrandece nossas emoções"

Coleção de Moedas

Moedas antigas e atuais

Família

Maria Constância da França Muniz

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Desabafo dos Servidores Públicos!!!

Falta café, a gente compra.
Falta água pra beber, a gente compra.
Falta açúcar, a gente compra.
Falta material de papelaria, luva, material para desenvolver projeto, a gente compra.
A gente se une e não deixa a peteca e NEM O SERVIÇO cair. Faz tantas e tantas coisas!!! Até levar VENTILADOR de casa para não permanecer em uma situação insalubre!
Como servidor público NUNCA roubei nada.
Ganhei o que trabalhei e muitas vezes trabalhei muito mais do que ganhei....muitas vezes ajudei levando meu equipamento na realização de um projeto por falta de verbas, portanto dar a César o que é de César!
Muito duro ver campanha na mídia desmoralizando o servidor público.
Não são os salários dos servidores públicos concursados e contribuintes que quebram a Previdência, nem é o servidor público que quebra as finanças de um ente público.
A quebra da Previdência e das finanças públicas é resultado de muita corrupção e de administração inconsequente e incompetente ...
(Colegas servidores copiem e colem)
Sempre trabalhei e muito para os desinformados de plantão!

Momento com os alunos da EJA da escola Padre Luís Filgueiras sobre a História de Nova Olinda

Ontem (27) tive a oportunidade de conhecer os alunos da EJA da escola Padre Luís Filgueiras e conversar um pouco com eles sobre a História de Nova Olinda.

Tenho conversado com algumas pessoas e já faz algum tempo que venho juntando material e estudando sobre o assunto. Começamos explorando um dos ícones do nosso município – a nossa bandeira – e daí já dá para tirar muitas conclusões.

Passamos ao processo de emancipação política de nosso município e de como se deu a transição de distrito a município. Ainda observando as pessoas que fizeram parte de todo esse processo.

Fomos dando uma olhando no que seria a extensão territorial, limites e a demografia local. E seguindo uma ordem cronológica pudemos observar todas as pessoas que ocuparam o cargo de prefeito municipal ao longo destes 60 anos de emancipação de nosso município.

Depois tratamos do que seria nossas riquezas naturais, cultura, turismo e artesanato, uma vez que nosso município é um dos destinos indutores do turismo nacional.

Destacamos também alguns nomes que contribuíram no campo da educação em nosso município, a exemplo da primeira diretora da escola Padre Luís Filgueiras – Dona Vicencinha.

O convite foi feito pela Professora Hericka Santos Lima que deixou os agradecimentos pela rede social, dizendo: “Meus sinceros agradecimentos a Lucélia Muniz França pela conversa sobre a história de Nova Olinda, partilhada com os alunos da EJA na escola Padre Luís Filgueiras.
"Conhecer a nossa história é reconhecer a importância da nossa identidade."
 
Também volto a agradecer aos alunos pela acolhida e participação! Finalizamos nossa conversa com um QUIZ até para perceber o quanto nossa conversa tinha sido compreendida. E estes surpreenderam com considerações e contribuições durante todo este momento que para mim foi de troca e de aprendizado!

Visita do Grupo de Atletismo de Nova Olinda na Click Informática

Quero agradecer aos nossos atletas novolindenses pela visita de hoje a Click Informática. Foi muito bom conhecer toda a equipe e também poder parabeniza-los pessoalmente! Grata pelo carinho de todos!

Eles que compõem o Grupo de Atletismo de Nova Olinda – Os Voluntários – sob a coordenação dos também atletas, o casal Aparecido Silva e Jackeline Teles.

Estão representando o nosso município em muitas corridas e maratonas e os resultados estão vindo! Onde chegam se destacam, principalmente pelo trabalho que vem desenvolvido com muito empenho e dedicação.

Hoje eles me aplaudiram como forma de agradecimento, mas eu devolvi os aplausos porque quem está de parabéns são eles... força, foco e motivação! Falta que mais pessoas cheguem junto para apoiar! E faço uma provocação aqui: antes um jovem atleta, matriculado na escola e focando em sua saúde e qualidade de vida do que um jovem sem perspectiva de futuro e exposto as mazelas sociais!

Deixo aqui um abraço e também a minha gratidão pelo reconhecimento!

Para conferir mais fotografias clique AQUI.

BRASIL (R. S. Cidrão)

BRASIL, DESTA VEZ É PRA VALER?
BRASIL, SEM ABUSO DO PODER.
VIVER SEM DISCÓRDIA OU OPRESSÃO
VIVER UMA PÁTRIA EM UNIÃO E TIRAR
TIRAR OS CORRUPTOS DO PODER;
FAVELAS FAZER DESAPARECER;
A POBREZA, EM LUTA PELA IGUALDADE
OS POVOS, NUMA MESMA SOCIEDADE.


BRASIL SORRINDO, BRASIL MUDANDO
SEM ANARQUIAS, SEMPRE BRILHANDO.


BRASIL, HOJE TEMOS QUE MUDAR
A "ORDEM" TÁ PRA LÁ DE BAGDÁ
O "PROGRESSO" NOS "STATES", NO JAPÃO
A RIQUEZA FOI PARAR NA CONTRAMÃO.
VAMOS TODOS TANGER O FASCISMO E A REPRESSÃO
LUTANDO CONTRA A GUERRA SEM PERDÃO
SENÃO ATÉ O SOL VAI SE ESCONDER TEMENDO
O QUE POSSA ACONTECER NO BRASIL.


BRASIL LUTANDO, BRASIL VENCENDO,
COM FÉ E GARRA SOBREVIVENDO.


BRASIL, TU ÉS A MINHA NAÇÃO
BRASIL, ESTÁS NO MEU CORAÇÃO
ENTÃO, TEMOS JUNTOS QUE ACABAR COM TUDO
QUE POSSA TE ARRASAR, MEU BRASIL.
LUTAR EM FAVOR DOS DESVALIDOS
DINHEIRO, TÁ NOS ESTADOS UNIDOS
MAS SEI, DEUS TAMBÉM É BRASILEIRO
E CREIO NUM PAÍS MAIS VERDADEIRO.


BRASIL DA COR AZUL ANIL
BRASIL DE VERDES FLORESTAS MIL.
MEU BRASIL! MEU BRASIL!


P. S.; Compus essa música em 1990, e parece que a coisa só piorou.

Municípios do Cariri realizam manifestações contra a reforma da Previdência

Em Santana do Cariri - Rubens Souza: Professores e demais servidores públicos fomos as ruas dizer um basta a esse governo de elite, golpista que quer tirar os nossos direitos de trabalhadores e trabalhadoras deste pais.”
 
Na Praça Da Bandeira  em Fortaleza, o Secretário de Educação do Estado do Ceará, Idilvan Alencar participa da mobilização CONTRA as reformas previdenciária e trabalhista.

Pedro Veras em Juazeiro do Norte: Estudantes caririenses com expressiva participação na MANIFESTAÇÃO NO TRIÂNGULO CRAJUBAR CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA!!!!”

Luka Severo: Colegas a favor da reforma trabalhista (ou contra a greve geral), disserte um pouco em como ela te beneficia! O que te faz esperar ansiosamente por ela? Mín 15 linhas.”

14 MUDANÇAS DA REFORMA TRABALHISTA NA CLT QUE POUCA GENTE SABE

Advogado Marcelo Mascaro fala sobre alguns pontos da reforma trabalhista que mudam a CLT na prática mas que pouca gente tem falado

Confira alguns pontos importantes que vão mudar e terão impacto direto ou no salário de profissionais contratados no regime CLT ou nas relações de trabalho para eles:

1. Ajuda de custo não vai integrar salário

Valores relativos a prêmios, importâncias pagas habitualmente sob o título de “ajuda de custo”, diária para viagem e abonos, assim como os valores relativos à assistência médica ou odontológica, não integrarão o salário. Na prática, isso significa que boa parte do salário do empregado poderá ser paga por meio dessas modalidades, sem incidir nas verbas do INSS e FGTS.

2. Vai ficar mais difícil pedir equiparação salarial

O requisito, para equiparação salarial, da prestação do serviço precisar ser na “mesma localidade”, será alterado para o “mesmo estabelecimento empresarial”. Devendo ser prestado “para o mesmo empregador”, por tempo não superior a quatro anos.
Tal alteração diminui as chances de se pedir equiparação nos casos de empregados que exercem a mesma função, mas recebem salários diferentes, pois trabalham em empresas diferentes do grupo econômico.
Além disso, se exclui a possibilidade de reconhecimento do “paradigma remoto”, quando o pedido de equiparação se dá com um colega que teve reconhecida, por via judicial, a equiparação com outro colega.

3. Gratificação para quem tem cargo de confiança não vai integrar salário depois de 10 anos

Atualmente a gratificação paga para quem está em cargo de confiança, que hoje é em torno de 40% do salário básico, é incorporada ao salário do empregado, caso este fique no cargo por mais de 10 anos. A proposta remove essa exigência temporal, não incorporando mais a gratificação à remuneração quando o empregado é revertido ao cargo anterior.

4. Homologação de rescisão pelo sindicato deixa de ser obrigatória para quem tem mais de um ano de casa

Não haverá mais necessidade de homologação do Termo de Rescisão pelo sindicato ou Ministério Público para os empregados que trabalharem por mais de um ano, valendo a assinatura firmada somente entre empregado e empregador.

5. Demissão em massa não precisará mais ter a concordância do sindicato

As dispensas coletivas, também conhecidas como demissões em massa, não precisarão mais da concordância do sindicato, podendo ser feitas diretamente pela empresa, da mesma forma que se procederia na dispensa individual.

6. Quem aderir a plano de demissão voluntária não poderá reclamar direitos depois

A adesão a plano de demissão voluntária dará quitação plena e irrevogável aos direitos decorrentes da relação empregatícia. Ou seja, a menos que haja previsão expressa em sentido contrário, o empregado não poderá reclamar direitos que entenda violados durante a prestação de trabalho.

7. Perder habilitação profissional vai render demissão por justa causa

Foi criada nova hipótese para rescisão por justa causa (quando o empregado não recebe parte das verbas rescisórias, pois deu motivo para ser dispensado). Pela nova previsão, nos casos em que o empregado perder a habilitação profissional que é requisito imprescindível para exercer sua atividade, tais como médicos, advogados ou motoristas, isso será motivo suficiente para a dispensa por justa causa.

8. Acordo poderá permitir que trabalhador receba metade do aviso prévio indenizado

Foi criada a possibilidade de se realizar acordo, na demissão do empregado, para recebimento de metade do aviso prévio indenizado. O trabalhador poderá movimentar 80% do valor depositado na conta do FGTS, mas não poderá receber o benefício do Seguro Desemprego.

9. Arbitragem poderá ser usada para solucionar conflitos trabalhistas

Também foi criada a possibilidade de utilização da arbitragem como meio de solução de conflito, quando a remuneração do empregado for igual a duas vezes o limite máximo estabelecido para os benefícios da Previdência Social (atualmente de R$ 5.531,31).

10. Contribuição sindical será facultativa

A contribuição sindical deixa de ser obrigatória e passa a ser facultativa tanto para empregados quanto para empregadores.

11. Duração da jornada e dos intervalos poderá ser negociada

As regras sobre duração do trabalho e intervalos passam a não serem consideradas como normas de saúde, higiene e segurança do trabalho para os fins da negociação individual. Isso significa que poderão ser negociadas, ao contrário do que ocorre atualmente.

12. Negociações deixam de valer após atingirem prazo de validade

Atualmente, uma vez atingido o prazo de validade da norma coletiva (convenção ou acordo), caso não haja nova norma, a negociação antiga continua valendo. Pela proposta reformista isso deixa de acontecer. As previsões deixam de ser válidas quando ultrapassam a validade da norma, não podendo mais ser aplicadas até que nova negociação ocorra.

13. Acordo Coletivo vai prevalecer sobre Convenção Coletiva

Fica garantida a prevalência do Acordo Coletivo (negociação entre empresa e sindicato) sobre as Convenções Coletivas. Atualmente, isso só acontece nas normas que forem mais benéficas ao empregado.

14. Quem perder ação vai pagar honorários entre 5% e 15% do valor do processo

Fica estabelecido que serão devidos honorários pagos aos advogados pela parte que perde à parte que ganha, entre 5% e 15% sobre o valor que for apurado no processo.
Isso passa a valer até mesmo para beneficiário da Justiça Gratuita, que ficará com a obrigação “em suspenso” por até dois anos após a condenação.

*Marcelo Mascaro é sócio do escritório Mascaro Nascimento Advocacia Trabalhista e diretor do Núcleo Mascaro

Mobilização deste 28 de Abril também acontecerá no município de Santana do Cariri

Esta sexta-feira, 28 de abril, será um dia histórico. O Brasil vai parar. A greve geral contra as reformas de Temer ganha adesão e apoio a cada dia. Convocada em frente única pelas centrais sindicais, virou o assunto mais falado nas ruas do país. Várias categorias de trabalhadores vão cruzar os braços e a greve geral tem tudo para ser um dia histórico, no qual a produção e circulação de mercadorias vai parar com greves em fábricas, nas concentrações operárias mais importantes.

Em Santana do Cariri a concentração será nas mediações da Escola Adrião do Vale a partir das 8:30h. A mobilização está sendo organizada pela Comissão da APEOC Santana do Cariri com o apoio da gestão municipal.

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Greve Geral é amanhã! Vamos participar das mobilizações populares!

Serão realizados dois Atos Públicos em Juazeiro do Norte-CE, o primeiro às 08:00h, na Praça do Giradouro e o segundo às 16:00h, na Praça Padre Cícero.

Caminhada Pela Vida
Contra a Reforma da Previdência e Trabalhista.
Dia 28 de Abril, às 16:00h, saindo da Praça Padre Cícero em direção ao Santuário de São Francisco.
Bispo do Crato, Dom Gilberto Pastana.
Observação: no mesmo dia (28), às 08:00h, haverá também um Ato Público contra a (des)reforma da previdência e trabalhista, na Praça do Giradouro, Juazeiro do Norte.

Fonte: Movimento Fora Temer - Cariri

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Quem vai aderir à greve geral de 28 de abril?

As principais centrais sindicais do Brasil convocaram uma greve geral para a sexta-feira 28, na tentativa de demonstrar força e mobilização contra a reforma trabalhista e a reforma da Previdência propostas pelo governo de Michel Temer e a lei de terceirização, sancionada pelo presidente.

A expectativa é que categorias como petroleiros, metalúrgicos, bancários, metroviários, motoristas de transporte público, professores das redes pública e particular, funcionários dos Correios, trabalhadores da construção civil e o Tribunal Regional do Trabalho da Bahia engrossem a paralisação, em várias cidades, contra as reformas, consideradas prioritárias para o governo, mas rechaçadas pela população. 

A reforma da Previdência, por exemplo, é rejeitada por 93% dos brasileiros, segundo pesquisa do instituto Vox Populi encomendada pela CUT e publicada no último dia 13.
Segundo a coluna de Mônica Bergamo na Folha de S. Paulo, o sindicato dos Aeroviários de Guarulhos pediu ajuda ao Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) para fechar os dois principais aeroportos do país, em São Paulo.

O Sindicato Nacional dos Aeronautas, por sua vez, vai decidir nesta quinta-feira 27 sobre uma paralisação dos voos para Brasília (DF). A intenção é prejudicar a chegada de parlamentares à capital nacional e, consequentemente, a votação das reformas. Se aprovada, a mobilização terá início na próxima terça-feira, mesmo dia em que está marcada a votação da reforma da Previdência.

A greve está sendo convocada por oito centrais sindicais: CUT, UGT, CTB, Força Sindical, CSB, NCST, Conlutas e CGTB. Juntas, elas representam mais de 10 milhões de trabalhadores. Além de centrais opositoras ao atual governo, como a CUT, ligada ao PT, a paralisação contará também com aquelas tidas como aliadas de Michel Temer, como a Força Sindical.

Via Carta Capital