segunda-feira, 26 de abril de 2010

Música Hora do Adeus - Composição: Luiz Gonzaga



O meu cabelo já começa pratiando
Mas a sanfona ainda não desafinou
A minha voz vocês reparem eu cantando
Que é a mesma voz de quando meu reinado começou
Modéstia à parte é que eu não desafino
Desde o tempo de menino
Em Exu no meu sertão
Cantava solto que nem cigarra vadia
E é por isso que hoje em dia
Ainda sou o rei do baião
Eu agradeço ao povo brasileiro
Norte Centro Sul inteiro
Onde reinou o baião
Se eu merecí minha coroa de rei
Esta sempre eu honrei
Foi a minha obrigação
Minha sanfona minha voz o meu baião
Este meu chapéu de couro e também o meu gibão
Vou juntar tudo dar de presente ao museu
É a hora do Adeus
De Luiz rei do baião






- Aprendi a ouvir e gostar das músicas que falam de Meu Sertão com o meu pai quando ainda eu era criança. Quando ele chegava da roça costumava ouvir uma Rádio de Farias Brito onde o radialista recitava poemas e tocava músicas que valorizavam as caracteristícas do sertão. Meu pai tinha uma "radiola" onde ele colocava pra tocar seus "LPs". Essa é pra você - Antonio Belo - Papai... música do Rei do Baião!!!

2 comentários:

  1. Tenho um carinho muito grande por Luiz Gonzaga. É como se ele fosse um tio querido. Tive a oportunidade de assistir um show dele e do Gonzaguinha no Ginásio do Ibirapuera e uma vez ele passou pertinho de mim lá em Exu, quando eu vinha de São Paulo, mas não tive coragem de falar com ele...

    ResponderExcluir
  2. Eu tenho esse tipo de sentimento em relação ao Poeta Patativa!!! Assaré é tão próximo de Nova Olinda, então eu poderia ter ido conhecê-lo!!! É preciso valorizar a cultura popular!!!

    ResponderExcluir

Obrigada por visitar meu Blog!!!