sábado, 21 de junho de 2014

“Para eles, mulher nasceu para ser objeto de cama e mesa, para nós é agente da transformação”, ressalta Lula em evento que confirmou candidatura de Dilma

“Quero confirmar a presidenta Dilma Vana Rousseff como nossa candidata”, aclamou o presidente do PT, Rui Falcão, junto com a militância e os delegados na Convenção Nacional do partido. O encontro aconteceu neste sábado, 21, em Brasília e reuniu lideranças do PT, de partidos aliados, além de ministros, governadores e pré-candidatos, entre outras autoridades.
“Se tivemos orgulho de ir às ruas em eleições passadas, precisamos agora ter orgulho de ir às ruas defender a Dilma de qualquer preconceito”, afirmou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Para eles, mulher nasceu para ser objeto de cama e mesa, para nós é agente da transformação”, avaliou. Lula disse não ter medo algum de fazer qualquer comparação entre os governos Lula e Dilma com gestões anteriores. “Fizemos mais em todas as áreas”.
O ex-presidente ressaltou inclusive os avanços feitos nos últimos 12 anos no combate à corrupção.
Lula fez questão de começar sua fala mostrando o vídeo de uma catadora de material reciclável que fala sobre o impacto da Copa na sua vida e em nosso país. “Estádios estão prontos, metrô funcionando. Quem passou dois anos dizendo que ia dar errado, aprendeu a lição”: Catadora de BH e a Copa no Brasil
A Presidenta Dilma Rousseff falou do desafio de levar informações à população sobre o que tem sido feito no país: “Agora, a verdade deve vencer a mentira e a desinformação”. Ela lembrou que “quando Lula assumiu, o Brasil era um. Quando deixou a Presidência, era um país completamente diferente e muito melhor”. Ela destacou que também em seu governo o cenário mudou muito com a crise internacional, mas enquanto em boa parte do mundo o desemprego cresceu, no Brasil foram criados 11 milhões de empregos.
“Fizemos muito, mas precisamos fazer mais. O povo precisa de mais”, afirmou Dilma. Ela ressaltou a importância da entrada do Brasil na sociedade do conhecimento e o papel central que a valorização da educação tem nisso. Melhorar a qualidade do emprego também foi um desafio apontado pela presidenta como crucial.
“Não nos propomos apenas a realizar um novo ciclo de crescimento, mas um novo ciclo histórico, construído junto com o povo brasileiro”, afirmou Dilma, citando a reforma política e a reforma urbana, como questões a serem enfrentadas.
O vice-presidente Michel Temer, que continuará ao lado de Dilma nesta eleição, ressaltou que “o PMDB tem a honra de estar ao lado de um governo que deu certo”. “Hoje a festa é sua, mas em outubro a festa será do povo brasileiro”.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada por visitar meu Blog!!!