sábado, 22 de outubro de 2016

Hey criança negra – poema de Countee Cullen

Poema: Hey, Black Child (Countee Cullen)
Hey Criança negra
Você sabe quem você é
Quem você realmente é
Você sabe que pode ser
O que você quer ser
Se você tentar ser
O que você pode ser

Hey Criança negra
Você sabe onde você está indo
Onde você está realmente indo
Você sabe que pode aprender
O que você quer aprender
Se você tentar aprender
O que você pode aprender

Hey Criança negra
Você sabe que você é forte
Quero dizer realmente forte
Você sabe que você pode fazer
O que você quer fazer
Se você tentar fazer
O que você pode fazer

Hey Criança negra
Seja o que você pode ser
Aprenda o que você deve aprender
Faça o que você pode fazer
E amanhã a sua nação
Será o que você quiser que ela seja

Countee Cullen
Cullen foi um poeta americano que nasceu em 30 de maio de 1903 morreu em 09 de janeiro de 1946. Cullen era poeta, escritor e pesquisador e foi uma liderança no Harlem, bairro em que viveu. Cullen foi abandonado por sua mãe e foi criado por sua avó. Desde pequeno, Cullen se destacava na escola por suas habilidades com poesia e oratória. Em 1922 ele se formou no equivalente ao nosso ensino médio, com honras em latim, grego, matemática e francês. Logo após, entrou na Universidade de Nova York e em 1923 ficou em segundo lugar no concurso de poesia da universidade, mas foi em 1925 que ele finalmente levou o primeiro lugar no mesmo concurso de poesia. Sendo um aficionado por línguas e dominador da oratória, ainda em 1925 Cullen ingressou na universidade de Harvard para fazer seu mestrado em Inglês. Cullen publicou diversos livros, muitos deles com temáticas críticas ao racismo. Mas, sua paixão mesmo era a poesia e os sonetos românticos.

Empoderamento é isso, ensinar as crianças negras que elas podem ser tudo que elas quiserem na vida. Dessa forma, teremos adultos muito mais empoderados e conscientes. Nada os irá limitar. Ninguém dirá o que os negros adultos do futuro poderão ou não ser ou fazer. Countee Cullen mostrou com sua vida e trajetória, em tempos muito mais difíceis que o nosso, que quando queremos algo, nada pode nos impedir. Absolutamente nada!

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada por visitar meu Blog!!!