quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Em Sessão Extraordinária vereadores votam projeto de autoria do executivo

FOTO - site da Câmera Municipal de Vereadores de Nova Olinda
De acordo com informações do Gabinete do Presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Nova Olinda, o Sr. José Marcos Teixeira de Alencar (Zé de Naninha), o salário dos vereadores de Nova Olinda terá REDUÇÃO de aproximadamente 23% (vinte e três). O mesmo justifica dizendo que: “Em virtude do repasse da Câmara Municipal de Nova Olinda ter diminuído no período de 2016 para 2017 e tendo que nos adaptar a nova realidade em que vivemos em nosso país, a exemplo do Prefeito Municipal Afonso Domingos Sampaio que também reduziu salários de seus servidores, a Câmara Municipal de Nova Olinda terá que diminuir os salários de seus vereadores em aproximadamente 23% (vinte e três).”

Nesta quinta-feira (19) foi votado Projeto de Lei de autoria do Poder Executivo com o objetivo de diminuir os salários do prefeito, vice-prefeito, secretários e cargos comissionados do poder executivo. O referido projeto cria o cargo de secretário adjunto com salário de R$ 1.500,00, carga horária de 40 horas semanais que terá como função auxiliar o titular nos trabalhos da secretaria. Na AUSÊNCIA do secretário titular o adjunto assumirá a pasta.

A comissão formada pelos Vereadores, Tier Feitosa – (Relator) e Cicinho da Serra – (Presidente), deram parecer favorável aos projetos,  Adriano Dantas (Secretario) foi contrário. Colocado em votação no plenário os projetos foram aprovados por 8 votos a 2, votaram contra os vereadores: Cícero Gonçalves e Adriano Dantas.

Em nota postada em rede social os Vereadores Cícero Gonçalves (Cícero Macarrão) e Adriano Dantas deixaram informações elucidando o porquê de terem votado contra o projeto. Os mesmos explicam que: “Seria excelente a redução de salários, sem a criação de cargos. Reduzir porque não pode pagar tudo bem. Mais criar cargos? Vejam só quanta incoerência redução x “criação totalizada mais de 200 cargos comissionados para um município pequeno com uma estrutura administrativa de um município grande. Sem se falar nos cargos sem função que lhe são atribuídos apenas gratificação de baixo valor. Mesmo assim gerando gastos desnecessários para o município cargos além do necessário” Ex: a maioria das secretarias tem 2 coordenadores de gestão, ou seja, quem vai coordenar quem? Ou 1 fica sem trabalhar aparece só para receber o salário? Exemplo de cargos sem função mais de 30 assistentes de secretários. Não seria esses os agentes administrativos onde eles estão? E os concursados? Não deveriam ser eles a ocuparem tais cargos? Por esse motivo nós que fazemos a bancada de oposição votamos contra o projeto da forma como foi apresentada”, afirmam em nota os referidos vereadores.

É interessante estarmos atentos as decisões tomadas dentro de nosso município e sendo assim é importante a população estar participando das sessões que acontecem na Câmara Municipal de Vereadores. Enquanto cidadãos também devemos fiscalizar e ver como está o andamento de projetos colocados em votação! Deixo espaço aberto para maiores esclarecimentos!

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada por visitar meu Blog!!!