quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Certificação da Formação em História e Cultura Afro-brasileira e Indígena Cearense

Esta semana recebi o certificado da Formação em História e Cultura Afro-brasileira e Indígena Cearense realizada na modalidade presencial e a distância com carga horária de 120 H/A. Esta aconteceu no período de 12/06/2015 a 31/12/2015 pela Secretaria da Educação do Ceará por intermédio da Coordenadoria de Aperfeiçoamento Pedagógico/CODEA e Coordenadoria de Diversidade e Inclusão.

Para mim essa formação foi uma conquista muito importante, primeiro pela temática e a necessidade de nós, professores, estarmos passando continuamente por formações... isso nos prepara para sermos multiplicadores. Outro ponto é que a maioria das escolas encaminhou professores da área de humanas e mesmo eu sendo da área de ciências da natureza a minha Diretora Samara Macêdo Diniz me deu esta oportunidade. Eu estava trabalhando na EEM Padre Luís Filgueiras no período da formação e ela me deu a confiança tanto de participar como de desenvolver a parte prática da formação na escola.

Diante do primeiro encontro da formação já aproveitei, na oportunidade, para dizer da necessidade que essas formações se estendam para todas as áreas. Foi um momento enriquecedor e de muito aprendizado e junto da Professora Lucimar Macedo pude estar colocando em prática o que aprendemos na formação e desenvolver atividades que envolvessem todo o público da escola, seja diretamente ou indiretamente.

O conteúdo programático da formação incluiu os seminários presenciais divididos nas seguintes temáticas: Identidade, Território e Corporeidade Afro Brasileira e Indígena; Práticas e Vivências para o Ensino de História e Cultura Afro-Indígena Cearense e um Workshop sobre Currículo e o Ensino de História e Cultura Afro-Indígena Cearense.

No curso online pudemos estudar, discutir e colocar em prática questões abordadas na formação que se dividiram nas temáticas: Percebendo a Identidade, Reconhecendo o Contexto, Pensando o cotidiano, Refletindo o currículo escolar e Práticas e vivencias.

Quero aproveitar esta postagem para também agradecer a Maria Edma da Silva da 18ª CREDE que esteve como articuladora da formação. E, quero finalizar dizendo que agora é dá continuidade as ações tendo mais um aporte de informações como bagagem. Avante!

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada por visitar meu Blog!!!