sábado, 4 de fevereiro de 2017

Um Adeus a Marisa Letícia: mulher, guerreira!!!

Da alma da mulher que ia visitar o marido preso pela polícia política da ditadura sem fraquejar nem lhe pedir que fraquejasse; da esposa e mãe, sozinha, que, ao contrário de todos os prognósticos, quando o sensato era recuar e sumir, abriu a casa para ser o sindicato quando os três sindicatos de metalúrgicos do ABC sofreram intervenção na grande greve de 1979, coroada pelas lendárias assembleias de 60 mil pessoas no estádio da Vila Euclides; a alma da mulher que organizou com outras mães e esposas uma audaciosa passeata de mulheres e filhos em uma São Bernardo tomada por tropas da repressão, em defesa dos maridos, dos operários e sindicalistas presos; a alma da Marisa que costurou a primeira bandeira do PT; e que se politizou assim, como protagonista de uma história feita com as próprias mãos, sobre a qual nem ela, nem ele, Lula, jamais seriam convidados a opinar se ficassem esperando o convite dos que agora tomaram se assalto a engrenagem e a reescrevem com fel, ferro e fogo. [Via o Cafezinho/Carta Maior]

O velório de Marisa Letícia Lula da Silva foi encerrado hoje (4) por volta das 15h35 após um longo discurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Lula falou por cerca de 40 minutos logo depois de uma cerimônia ecumênica presidida pelo bispo emérito da diocese de Bauru, dom Dom Angélico Sândalo Bernardino.
Na página do ex-presidente Lula é possível conferir um trecho marcante de seu discurso durante o velório de Dona Marisa: “Minha Galega, Agora o céu ganhou a estrela que iluminou minha vida”, disse Lula muito emocionado. Ainda é possível conferir uma mensagem de agradecimento pelo apoio recebido das pessoas durante este momento: “A família Lula da Silva agradece a todos os votos de pesar, contatos e manifestações públicas de carinho, memória e sentimentos por Marisa Letícia Lula da Silva.”

Uma frase atribuída ao Papa Francisco ganhou as redes sociais na quinta-feira (2), após a notícia da morte da ex-primeira-dama Marisa Letícia e, com ela, a onda de mensagens de ódio contra a esposa de Lula. "Quando você comemora a morte de alguém, o primeiro que morreu foi você mesmo", teria dito o pontífice. Só para refletir!

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada por visitar meu Blog!!!