terça-feira, 11 de julho de 2017

As xilogravuras de Seu Francorli

Durante a ExpoCrato 2017 acabei conhecendo Seu Francorli que tem um trabalho em Xilogravura sobre o azulejo. O mais curioso entre todas as imagens registradas nas gravuras foram a dos símbolos dos cursos acadêmicos. Estas gravuras em particular me chamaram a atenção e na oportunidade acabei por adquirir algumas do curso de Fisioterapia, Medicina, Arquitetura, Letras e Economia.
Um presente diferente para alguns familiares e do curso de Economia para mim mesma... rsrsrsrsrsr... esta xilogravura vem num quadro e já está na parede de minha casa.

Além da criatividade, uma arte que apesar de toda tecnologia se perpetua com uma característica própria passada de artista para artista, de geração para geração.

Mais informações
[Xilogravura ou xilografia significa gravura em madeira. É uma antiga técnica, de origem chinesa, em que o artesão utiliza um pedaço de madeira para entalhar um desenho, deixando em relevo a parte que pretende fazer a reprodução. Em seguida, utiliza tinta para pintar a parte em relevo do desenho. Na fase final, é utilizado um tipo de prensa para exercer pressão e revelar a imagem no papel ou outro suporte. Um detalhe importante é que o desenho sai ao contrário do que foi talhado, o que exige um maior trabalho ao artesão. Existem dois tipos de xilogravura: a xilogravura de fio e a xilografia de topo que se distinguem através da forma como se corta a árvore. Na xilogravura de fio (também conhecida como madeira à veia ou madeira deitada) a árvore é cortada no sentido do crescimento, longitudinal; na xilografia de topo (ou madeira em pé) a árvore é cortada no sentido transversal ao tronco. A xilogravura é muito popular na região Nordeste do Brasil, onde estão os mais populares xilogravadores (ou xilógrafos) brasileiros. A xilogravura era frequentemente utilizada para ilustração de textos de literatura de cordel. Alguns cordelistas eram também xilogravadores, como por exemplo, o pernambucano J. Borges (José Francisco Borges). A xilogravura também tem sido gravada em peças de azulejo, reproduzindo desenhos de menor dimensão. Esta é uma das técnicas que o artesão pernambucano Severino Borges, tem utilizado em seus trabalhos.]

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada por visitar meu Blog!!!